Now Playing Tracks

Eu triste sou calada. Eu brava sou estúpida. Eu lúcida sou chata. Eu gata sou esperta. Eu cega sou vidente. Eu carente sou insana. Eu malandra sou fresca. Eu seca sou vazia . Eu fria sou distante. Eu quente sou oleosa. Eu prosa sou tantas. Eu santa sou gelada. Eu salgada sou crua. Eu pura sou tentada. Eu sentada sou alta. Eu jovem sou donzela. Eu bela sou fútil. Eu útil sou boa. Eu à toa sou tua.
Martha Medeiros.  (via eternizaremos)

(Source: segredou)

Todos os dias os comprimidos são engolidos na esperança de que a saudade, dor, aflição e arrependimentos sejam esquecidos. O verde me promete mais disposição e alegria. O branco jurou que vai acabar com minhas variações de humor. O azul fez o juramento do mindinho comigo de que ao tomar ele todos os dias irei parar de ouvir tua voz, ter ver em todos os lugares, sentir teu cheiro. O amarelo falou que eu dormiria em paz na nossa cama mesmo sem você. O vermelho garantiu me afastar de todos os objetos cortantes da casa. O rosa ira curar qualquer efeito colateral seu. Tu e os meus comprimidos devem ser amigos de infância porque compartilham do maior pecado que existe que é mentir. Os dois são tão parecidos que cheguei a pensar que tomando todos juntos teria uma overdose de você.
Chamem a ambulância! Estou tendo uma overdose de amor. (via oxigenio-dapalavra)

(Source: morbidavel)

To Tumblr, Love Pixel Union